Criative Imóveis

Área do Corretor
(48) 3045-1212
.

Novidades

05/06/16

Mão de obra feminina aumenta 250% no setor da construção civil

O trabalho na construção civil conta com cada vez mais a participação feminina e um exemplo disso é encontrado na MRV Engenharia, que registrou nos últimos seis anos aumento de  250% no número de mulheres em seus quadros.

No Paraná, as mulheres já representam 15% da força de trabalho da construtora. “Elas [as mulheres] são detalhistas e caprichosas, qualidades muito procuradas nos profissionais responsáveis pelos acabamentos das obras”, destaca o diretor regional Sul da MRV, Ralf Haddad.

Maria Aparecida Alves de Macedo (54), deixou o ramo da costura há pouco mais de seis anos e decidiu abrir novos caminhos profissionais. Maria é um dos tantos exemplos de mulheres que estão empregadas no setor há mais de seis anos. “Iniciei em outra construtora trabalhando na limpeza e há cinco anos entrei na MRV onde tive curso de pintora, pedreira e azulejista”, conta.

Segundo Maria, o trabalho na construção civil se mostrou mais lucrativo o que ajudou a terminar de educar seu filho, que atualmente já está na fase adulta. “Tive que me acostumar com a mudança de ares, mas estou muito feliz com o que faço”, destaca.

Maria e outras mulheres, como Cleonice Cardoso Chaves (32), atuam em obras de Curitiba, na pintura e demais detalhes de acabamento para a entrega dos apartamentos aos clientes. “Para mim, a troca de carreira foi muito boa, pois me abriu a possibilidade de ter crescimento profissional”, destaca Cleonice, que já está na construtora há três anos e que anteriormente trabalhava como doméstica e de auxiliar de produção. “Aqui ainda trabalhei seis meses na área de limpeza até que veio a oportunidade”, ressalta.

Ambas as funcionárias relatam que é perceptível o interesse de mulheres no ramo, em todas as áreas. “Vemos muitas engenheiras e estagiárias também nas obras”, destaca Cleonice.

Cenário Nacional

Atualmente, a MRV conta com praticamente 4,5 mil mulheres em seus quadros o que representa pouco mais de 17% do total de funcionários, sendo que aproximadamente metade delas trabalha nos canteiros de obras e as demais nos escritórios, em funções administrativas, em 19 Estados do País.

Da Redação, original Paraná Online.

Mais Fotos